paola-brescianini-saude

Nutrição e Imagem Corporal: como anda sua saúde mental?

Olá! É com muito prazer que estou aqui para o oitavo post de Dicas da Nutri. Mais uma vez agradeço muito a sua presença e atenção. Hoje o tema será sobre: “Nutrição & Imagem corporal”.

Gostaria de ressaltar que escrever sobre esse tema é mais do que especial pra mim. Ser um profissional da área da saúde é uma responsabilidade muito grande, porém, muito prazerosa. Quando escolhi ser Nutricionista sabia que minha realização viria não apenas quando eu fosse capaz de fazer meus pacientes atingirem seus objetivos estéticos, mas também quando eu fosse capaz de fazer com que eles compreendessem um bem muito maior chamado: SAÚDE.

Por que estou dizendo isso: vivemos em uma sociedade onde as preocupações excessivas com o peso e aparência corporal têm gerado muitas frustrações e até mesmo transtornos alimentares. Sofremos pelo corpo ideal influenciados por meio das mídias sociais, que nos deixam cada vez mais escravos do nosso corpo.  Deixamos tudo de lado apenas para se sentir bem por fora e, isso, é extremamente preocupante.

Tenho cada vez mais me deparado com pessoas que estão fazendo dos alimentos os seus maiores inimigos. Isso me deixa muito chateada. Nos esquecemos que não comemos apenas para suprir as necessidades fisiológicas, mas que, hoje em dia, comer está extremamente relacionado com as nossas emoções (prazer, espiritualidade, vida social, lembranças da infância, etc).

Não digo para você comer o que quiser o tempo todo e em quantidades exageradas. Digo para você se RESPEITAR, se CUIDAR e se AMAR o tempo todo. Do que adianta você estar com o “corpo perfeito” (se é que ele existe, rs) e estar com a saúde mental e fisiológica abalada e detonada? 

Pare de se comparar com os outros. Aceite a sua beleza e busque todos os dias sua melhor versão. Busque uma atividade física que te dê prazer, coma alimentos que irão te dar disposição e benefícios pra saúde, tenha por perto pessoas que te façam bem, medite, entre em contato com a natureza.. sei lá. Mas, faça coisas que vão te deixar para cima e não permita dar poder para opinião alheia.

Um planejamento alimentar só dá certo quando respeitamos nosso corpo, nossa saúde, nossas preferências e nossa rotina. Dietas restritas só nos deixam cada vez mais bitolados. Procure um profissional que te mostre isso! É possível se alimentar melhor e ser feliz. E, é isso que eu e a Paola queremos deixar de mensagem para você.

Dê valor a sua saúde e aprenda que viver bem é viver em equilíbrio. SEJA FELIZ E TENHA AMOR PRÓPRIO SEMPRE! Você que faz a sua beleza!

Gostaria de finalizar o texto ressaltando que é de extrema importância o trabalho multidisciplinar. Um psicólogo pode ajudar e muito. Segue  o contato de uma Psicóloga super bacana, querida e de confiança que faz um trabalho muito interessante nesse quesito: Danielle Rosa – http:quintalterapeutico.com.br.

Cuide-se em todos os sentidos.

Beijos da Nutri e até a próxima!

Jacqueline Hayar

Nutricionista apaixonada pela profissão e por atividade física. Graduada em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo. Pós graduação em Nutrição esportiva pela FAPES. Amo ensinar os pacientes como inserir em suas vidas hábitos saudáveis e transformar a maneira de lidar com a alimentação. CRN-3 N° 43936 / jacquelinehayar@hotmail.com / Insta: jachayar_nutricionista

  • AnthonyShara

    No matter how you do it, losing weight is an individual thing. Friends can help you but they can't lose the weight for you. You've got to take charge of your weight loss from the beginning if you want to get serious about losing weight. The following tips will help.

    • Paola Brescianini

      Yes, I fully agree! Thanks <3

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *