Sem título

Adeus cabelão! Por que eu resolvi cortar o cabelo?

Desde que me conheço por gente, eu sempre tive o cabelo enorme. Ou melhor, só me recordo de tê-lo curto quando era criança. Enfim, pelo menos nos últimos 10 anos, era lembrada, destacada ou reconhecida pelo cabelão. Posso afirmar que essa era minha principal identidade!

Lembro-me também que eu morria de medo de cortar apenas as pontas. Eram raras as idas ao salão. Afinal, se alguém cortasse um dedo a mais, já era motivo de desespero, juro! hahaha. Além disso, eu me questionava com frequência o seguinte fato: “será que eu nunca vou mudar o visual radicalmente? Acredito que sempre serei loira e com o cabelo longo”. E, isso, por um lado, me chateava.

Até que uma hora, descobri o significado da frase “nunca somos, sempre estamos”. Ou seja, nós estamos em constante mudança; um dia gostamos de algo, no outro dia podemos muito bem deixar de gostar.

Eu também achava que nunca iria emagrecer os tão sonhados 10 quilos e, de repente, me vi outra pessoa, com novos hábitos e seguindo um outro estilo de vida. Aliás, preciso ressaltar: percebi que a mudança começa de dentro e só depois ela aflora no externo. 

“A mudança tem de ser interna. Somente a mudança interna pode mudar alguma coisa, caso contrário, todas as mudanças serão falsas.”

Minhas opiniões mudaram, gostos e pensamentos. E eu apenas agradeço. Sabe por quê? Esses são sinais de evolução e crescimento. Não temos que temer mudar, afinal, só assim somos capazes de transformar nossas vidas. Pequenos passos fazem toda a diferença.

Pare para pensar. Você é a mesma de alguns meses ou anos atrás? O que mudou? Muitas vezes certos detalhes passam despercebidos, mas muita coisa deixa de ser a mesma.

A decisão

paola-brescianini-antes-e-depois-cabelo-01

Enfim, como disse acima, nos últimos tempos, me sentia uma nova pessoa. O meu interno se renovou e eu sentia que precisava completar isso por fora. Aliás, desde quando mudei o meu corpo, passava pela minha cabeça mudar o cabelo, mas sempre adiava ou inventava uma desculpa.

No entanto, em um belo dia, surgiu a oportunidade de participar de um quadro de transformação do programa Que Beleza, pelas mãos do talentoso hair stylist Romeu Felipe. Não tive como negar. Eu não sabia o que estava por vir, apenas tinha consciência que seria uma mudança radical.

Não pensei duas vezes e me joguei. Achei que eu fosse chorar ou me arrepender, mas o fato mais inédito aconteceu: eu amei! E o mais louco nisso tudo é que me identifiquei totalmente com esse novo corte. Hoje em dia, já não me imagino com o cabelão de antes.

A aprovação

paola-brescianini-antes-e-depois-cabelo-02

Preciso confessar, uma das coisas que eu mais temia era a rejeição dos outros. Sei que não devemos nos preocupar com a opinião alheia, mas não adianta, a maioria de nós se importa. Querendo ou não, nos construímos com os julgamentos dos demais e muitas vezes nos tornamos o que eles constroem de nós. 

As pessoas nos acrescentam camadas externas o tempo todo. Por exemplo: cada um que falava do meu cabelo longo como referência, me fazia imaginar que eu jamais poderia cortar, pois perderia o meu ponto forte e, isso, me desencorajava o tempo todo.

No final, eu surpreendi positivamente muitos. Isso tudo não passava de uma camada que deveria ser desconstruída. Portanto, minha dica é: quebre barreiras! 

O programa

Para quem quiser ver minha mudança completa e a minha reação após a transformação, segue o vídeo do programa Que Beleza abaixo:

Os profissionais foram maravilhosos e eu simplesmente me apaixonei por tudo. O cabelo foi mais do que eu imaginava, a make impecável (queria ter dormido com ela durante dias haha) e o look deslumbrante. Ah, além disso, toda a equipe do programa me surpreendeu com tanto profissionalismo.

paola-brescianini-equipe-que-beleza

Cabelo: Romeu Felipe (@RomeuFelipe) / Maquiagem: Andreia Oliveira (@deiasol) /Look: Henrique Rocha (@riquerocha)/ Apresentador: Matheus Baldi (@matheusbaldi).

blg

E você o que achou? Qual será sua próxima mudança? <3

 

Paola Brescianini

Sou formada em Mídias Sociais Digitais e apaixonada por descobrir coisas novas. Há alguns anos, me tornei adepta à vida saudável, e aprendi incríveis informações sobre esse universo. Criei este espaço para compartilhar com você todo o meu conhecimento! ❤

  • Alexia

    Minha linda e amada amiga, se levarmos em consideração o tempo que nos conhecemos (que não é muito), percebemos quantas mudanças ocorreram na sua vida nesse curto espaço de tempo. Eu lembro de quando você mudou de curso: tinha feito 2 anos de uma faculdade que não curtia muito, mas que não queria 'perder' os anos já cursados. Eu dizia 'ei, conhecimento não se perde. Você vai levar tudo com você...". Aí depois falamos sobre cabelo... tudo em você pedia mudança. Inconscientemente, você estava louca por uma mudança, mas morria de medo de perder sua identidade e não sabia por onde começar. Mal sabia que a sua identidade jamais será perdida, pois quando pensamos em você, não lembramos de quantos cachos na cabeça você tinha, mas sim quantos sorrisos você consegue dar em um minuto de conversa, ou com quantos conselhos incríveis você já ajudou cada um dos seus amigos... aos poucos você foi ficando forte (lembra quando chamou seus pais para uma reunião? rs), determinada, foi ganhando confiança no trabalho, escrevendo cada vez melhor, se destacando diante dos clientes, ganhando voz... e dali pra frente só vi vitórias e conquistas. Você se jogou no mundo e não parou de mudar! Mudou de casa, de curso, de corpo, de trabalho, de cabelo e continua em constante evolução. Depois que você passou a acreditar em você mesma, você nunca mais se contentou em ter uma 'vida morna'. Nunca mais se contentou com menos do que você merece. Você é um exemplo de amadurecimento, de humildade, de caráter, de evolução. Quem te vê toda bonitona por fora nem imagina que por dentro você consegue ser ainda mais linda. Continue sem medo de mudar. Temos medo, às vezes, mas é somente mudando que conseguimos progredir. Amo você e sempre estarei te aplaudindo em todas as suas mudanças. Você foi um dos melhores presentes da vida. Nunca serei grata o suficiente ao universo por ter conhecido você. Te amo!

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *